Últimas Notícias

Curitiba ultrapassa mil mortes por Covid-19 e prefeitura lamenta movimentação do fim de semana

A secretária da saúde disse que a bandeira laranja pode voltar se não houver cuidado e controle. 

Por Mellanie Anversa.

No mesmo dia em que Curitiba ultrapassou mil mortes em decorrência de complicações da Covid-19, a prefeitura lamentou a movimentação intensa dos curitibanos no final de semana. Foi registrado um aumento de 40% de procura nas unidades básicas de saúde e nas unidades de pronto atendimento, em relação ao início da semana anterior. 

Além disso, a taxa de transmissão do novo coronavírus voltou a subir, chegando a 1,14. Isso quer dizer que cada 100 infectados transmitem para 114 pessoas. “Esse é o resultado do comportamento das pessoas, das escolhas que nós fazemos”, afirmou a secretária da Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak. 

Nesta terça-feira (1), a cidade registrou mais 13 óbitos e 396 novos casos de coronavírus. Com os dados, a capital soma 1.010 mortes e 33.368 casos desde o início da pandemia. A secretária reforçou a importância de a população manter as práticas que são fundamentais para evitar que a doença volte a crescer na cidade: usar máscara em todos os ambientes, manter o distanciamento social (de no mínimo 1,5 metro entre as pessoas), evitar aglomerações e fazer uso frequente de álcool em gel (ou lavar as mãos com água e sabonete).

A secretária alertou sobre os cuidados necessário com o feriadão que se aproxima e disse que há risco de Curitiba voltar para bandeira laranja.

Novos casos 

Dos 13 óbitos, 12 ocorreram nas últimas 48 horas. O outro foi registrado no dia 27 de agosto e estava em investigação. As vítimas são nove homens e quatro mulheres, com idades entre 21 e 82, sendo quatro com idade inferior a 60 anos. Apenas um não tinha nenhum tipo de comorbidade como fator de risco para as complicações da doença. A vítima de 21 anos tinha história de obesidade e relato de autismo. 

Dos 33.368 moradores da cidade testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, 28.148 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença. O total de casos ativos na cidade é de 4.210. 

Atualmente, há 483 pacientes internados em hospitais públicos e privados da capital paranaense, sendo 171 deles em UTIs. Com isso, a taxa de ocupação dos 355 leitos de UTI do SUS exclusivos para covid-19 é de 80%. Há 71 leitos de UTI do SUS livres em hospitais de Curitiba.

Paraná

O Paraná divulgou 1.647 novas confirmações e 55 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O estado acumula 132.145 diagnósticos positivos e 3.306 mortos em decorrência da doença. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto. As vítimas são 37 homens e 18 mulheres, com idades que variam de 32 a 94 anos. 

Atualmente, há 1030 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 internados. Desses, 852 estão em leitos SUS (379 em UTI e 473 em leitos clínicos/enfermaria) e 178 em leitos da rede particular (59 em UTI e 119 em leitos clínicos/enfermaria).

Leia também:

Não-essenciais: o que esses empresários estão passando durante a pandemia.

0 comentário em “Curitiba ultrapassa mil mortes por Covid-19 e prefeitura lamenta movimentação do fim de semana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: