Últimas Notícias Saúde

Robô que elimina vírus de ambientes é criado por curitibanos

O projeto busca recursos para desinfectar hospitais públicos da região. 

Por Mellanie Anversa.

Uma invenção que ajude a diminuir a crise sanitária que atinge o país. Esse foi o objetivo do engenheiro mecânico Daniel Delfino, do engenheiro mecatrônico Everton Ramires e do publicitário Diego Stavitzki, sócios da startup curitibana PiáTech.

O robô Lili é a nova solução dos sócios para ajudar hospitais e outros espaços a eliminarem vírus de ambientes. Pensando em atuar contra o coronavírus neste momento, o aparelho esteriliza o local por meio de raios UVC. “É só posicionar o robô em um lugar que ele consiga atingir todas as superfícies. Ele consegue desinfectar um local de 25m² em até 10 minutos e ter ótima eficácia”, confirma Delfino.

O projeto visa ajudar hospitais públicos a esterilizarem o espaço de forma gratuita. Para isso, os sócios buscam recursos financeiros por meio de uma vaquinha. “Esse projeto precisa ser desenvolvido agora. Nós fomos em um hospital da região metropolitana em que estamos fazendo testes e está lotado. Isso é uma proteção para os funcionários, porque não adianta ter UTI e não ter funcionário para atender porque estão infectados também”, relata o engenheiro mecânico. 

Não só para o ambiente hospitalar, o robô Lili também é pensando para qualquer tipo de espaço que precise do serviço. “Com a volta às aulas, esse pode ser uma solução muito eficaz. Mas, além disso, ele pode desinfectar locais como shoppings, escritórios, transportes, residências e outros. 

O robô é uma homenagem a Dona Lili, avó da esposa de Stavitzki. Ela faleceu no Rio de Janeiro em decorrência da Covid-19. “O nome é em homenagem a ela. Que a energia da sua vida seja algo positivo para batizar esse equipamento”, completa Delfino. 

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é lili-troop.jpg

Cuidados 

Por utilizar radiação ultravioleta, o processo precisa ser aplicado com cuidado. “Sem os equipamentos de EPI, ele pode causar danos aos olhos e pele. Por enquanto, nós estamos fazendo essa aplicação para que o serviço seja seguro. Afinal, não queremos sanar um problema e criar outro”, explica. 

Por se tratar de uma tecnologia simples, os sócios têm recebido ligações até de outros países. Visando esse crescimento, eles pensam em contratar técnicos treinados para executarem o serviço no futuro. 

LEIA TAMBÉM:

Com um X na mão, mulheres podem alertar que estão sofrendo violência doméstica a farmacêuticos.

0 comentário em “Robô que elimina vírus de ambientes é criado por curitibanos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: