Crônicas

O tapa buraco

Por Mellanie Anversa. 

Um dos maiores marcos da sua vida começou antes mesmo de nascer. Em período gestacional, 20 e poucas semanas, para ser exata, o rumo da sua vida se tornou outro, mesmo que isso não envolvesse sua pessoa, propriamente.

Ela tinha apenas cinco anos quando seu frágil coração parou de bater. Doce Suelen, sua memória é viva na mente de quem nem a conheceu. Miocardiopatia, doença que afeta o músculo do coração e impede o bombeamento adequado de sangue para o corpo, desmoronou a família e faz estremecer o chão da casa se for dita em voz alta.

A vida foi dura, como de costume, para a família que perdeu o chão e só o retomou porque um novo membro estava a caminho. Parecia impossível, mas foi preciso.

Dona Dirceia se apegou ao recém-nascido para curar a ferida que, segundo Seu Melquizedec, Deus abriu. Ele não comenta sobre o assunto, talvez a ferida nunca seja cicatrizada.

“Por mais que tivesse apenas cinco meses, a Suelen falava muito comigo enquanto estava dentro da barriga. Eu nem a conheci, mas sinto sua falta”, relembra.

Cresceu assim, um verdadeiro “tapa buraco”, mas com orgulho. Foi mimado pela família que sofria com a perda da filha. Cresceu saudável, entre uma contusão ou outra, o que lhe afastou do sonho de ser jogador de futebol.

Deixou as chuteiras pelo caminho e tomou uma das decisões mais importantes e felizes da sua vida, “vou virar jornalista, igual aquele que eu leio todo domingo, na Tribuna do Paraná”. Mal sabia ele, que Rafael Tavares, feliz por conhecer seu admirador, o daria a benção em nome do jornalismo que sempre quis fazer.

 –

Leia também: meu amigo “namorado”

0 comentário em “O tapa buraco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: